quinta-feira, 2 de junho de 2011

Ao espelho

Ao espelho tento encontrar-me.
Ver o eu,e  talvez encontre o teu olhar.
Sempre tua!
A minha imagem está lá, mas não te vejo, não te sinto.
Quem sou?
Já não há mais que isto?
Olha para mim, não me vês?
Abraça-me com esse teu frio olhar.
Faz-me uma canção, dá-me a tua mão para te amar. Procuro e não encontro o que é meu.
Perco-me nesta imagem, ela é tudo aquilo que gostaria ser, EU.
(minha autoria)