quinta-feira, 7 de julho de 2011

VIDA

Se de momentos é a vida, de passagens, almoços, viagens, transito, trabalho, nascimentos, mortes, férias, um olá ,um adeus, são apenas momentos.

Tenho saudades de tantos deles. 
Será possível viver com tantos momentos, sem explodir de um momento para o outro? 
Tudo fica super hiper contido dentro de nós e o espaço é encurtado pelo tempo. Posso dizer que gosto do meu momento, mas gostava mais se estivesse ao lado de um momento melhor que o meu.




Vida