sábado, 31 de agosto de 2013

O beijo perfeito

É aquele que demos sem nos arrepender.
Quando os lábios encaixam na perfeição.
Quando as línguas se deliciam com tanto prazer.
São perfeitos e são tão raros.
Quais diamantes!
O beijo perfeito é raro, muito mais raro que o diamante, que a água doce na terra.
Coro em demasia a pensar como é tão divinal beijar, beijar-te.
Tão intenso que se eleva ao céu.
E nós tatuámo-nos deles.
Foi perfeito!

Porque gosto tanto de um beijo?
Porque um beijo fortifica um desejo.