segunda-feira, 11 de julho de 2016

Amo-te Portugal

Chorei de tristeza em 2004.
Chorei de alegria em 2016.
Estou mesmo muito feliz.
Portugal precisa destes momentos, eu preciso demasiado deles para respirar.
Obrigada Alegria!